quarta-feira, 4 de março de 2015

Agencia dos Correios de Rio do Fogo Foi Alvo de Assaltantes mais uma vez

Resultado de imagem para correios em assaltoA Polícia Militar de Rio do Fogo está à procura de dois homens suspeitos de assalto à agência dos Correios de Rio do Fogo, no inicio da manhã de hoje (04). Ainda não há informações precisas, mas testemunhas disseram os suspeitos chegaram ao local de carro, entraram e rederam o segurança e anunciaram o assalto armados de revólver.

terça-feira, 3 de março de 2015

Quase 12 mil eleitores no RN devem regularizar título eleitoral até 4 de maio

A Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral publicou no Diário da Justiça do Tribunal Superior Eleitoral de 20 de fevereiro de 2015 o Provimento nº 01 que define orientações para a execução dos procedimentos para cancelamento de inscrições e regularização de situação de eleitores que deixaram de votar nas três últimas eleições, lembrando que cada turno é considerado uma eleição.

Quase 12 mil eleitores do Rio Grande do Norte que deixaram de votar nas últimas eleições podem ter o registro cassado pela Justiça Eleitoral. O município de Parnamirim lidera a lista dos faltosos, com 1.315 eleitores, seguido de Mossoró com 1.048. O maior colégio eleitoral do Estado, Natal, surpreende com apenas quatro casos.

Vereadora Josi, foi a Aniversariante desta segunda


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Câmara vai bancar passagens para mulher de deputado


 A Mesa Diretora da Câmara resolveu, nesta quarta-feira (25), liberar o uso de dinheiro público para transportar os cônjuges de deputados e deputadas entre suas cidades de origem e Brasília. Com a decisão, mulheres e maridos de parlamentares poderão utilizar a cota de passagens aéreas da Casa, restrita desde 2009 a deputados e assessores em viagens decorrentes do exercício do mandato. A medida foi tomada, na época, para acabar com a chamada farra das passagens aéreas, revelada pelo Congresso em Foco. A liberação da verba para familiares foi reivindicada por um grupo de esposas de deputados durante a campanha de Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Em encontro promovido pela ex-deputada Nilda Gondim (PMDB-PB), em João Pessoa, ele ouviu o pedido e se comprometeu a levar a proposta adiante.

Henrique e Garibaldi ficaram de fora do programa nacional do PMDB

henrique gari










Quem assistiu ao programa partidário do PMDB, exibido ontem (26) à noite, sentiu falta dos principais potiguares na legenda: o ex-presidente da Câmara, Henrique Alves, e o senador Garibaldi Filho.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Prefeito Laerte Paiva ler mensagem anual



Mensagem Anual do Prefeito Na última segunda-feira, 23, no Prédio da Câmara Municipal de Vereadores de Rio do Fogo, ocorreu a solenidade para a leitura da Mensagem Anual do Chefe do Poder Executivo Municipal. O prefeito Laerte Paiva iniciou a mensagem ressaltando as ações e projetos realizados no decorrer do ano de 2014, destacando todas as conquistas realizadas pela administração ao longo do ano em cada área, a saber: saúde, educação, assistência social, esportes, cultura e lazer, turismo, meio ambiente e urbanismo e outras.  Ao término da mensagem o prefeito traçou diversos planos e metas para o ano de 2015, comprometendo-se a continuar trabalhando pelo povo em prol do desenvolvimento do município. Demonstrando assim que essa administração faz jus ao seu lema "trabalho e respeito pelo povo".




terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Semana pedagógica inicia com participação do prefeito Laerte Paiva



Na manhã desta segunda-feira (23/02) no Ginásio de Esporte Ionaldo, iniciou a semana pedagógica para os profissionais da educação municipal de Rio do Fogo, O evento contou com a participação dos professores da rede pública municipal, além da presença do Prefeito Laerte Paiva, da Secretária de Educação Joária Araújo, a presidente da Câmara Josiane Rodrigues, e demais secretários municipais. O coordenador dos Escoteiros Fabiano Silva também se fez presente no evento, e parabenizou o prefeito pelo trabalho que vem sendo realizado.



Os professores presentes receberam kits escolares doados pela secretaria de educação.












“Querem prejudicar a oposição”, diz Agripino sobre acusação de propina

agripino lideres

Acusado em delação premiada ao Ministério Público do Rio Grande do Norte de ter cobrado propina de um empresário do Estado, o senador potiguar José Agripino, presidente nacional do DEM, diz que a denúncia foi feita para “dividir as atenções” da Operação Lava-Jato com a oposição. “Esse assunto é requentado e surgiu agora para prejudicar a oposição. Trata-se de uma bela oportunidade para o governo dividir as atenções da opinião pública”, disse o parlamentar ao Estadão.

Planos de Rosalba para 2016 estão praticamente sepultados

rosalba novo jornal








Os planos da ex-governadora Rosalba Ciarlini para uma possível disputa pela Prefeitura de Mossoró na campanha de 2016 estão praticamente sepultados, já que  a ministra Maria Tereza, do Tribunal Superior Eleitoral, manteve a inelegibilidade da ex-chefe do executivo estadual.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

CARTEIRA DE HABILITAÇÃO DE GRAÇA


Um aviso importante, para quem tem até 25 anos estão tirando a carteira de habilitação de graça no Sesc na feira do produtor , fazer inscrições online é um projeto do governo, se vocês puderem informar a alguém. Quem se enquadre nesse perfil é uma boa para os nossos jovens.
SEST SENAT
www.sestsenat.org.br
Tem o número para mais informações
0800 728 2891

Ezequiel Ferreira, Wilma de Faria e José Agripino são citados em reportagem do Fantástico sobre corrupção no RN


Será possível alguém comprar o que não deveria estar à venda? Por exemplo: comprar uma lei? Pois um empresário nordestino diz que fez exatamente isso: distribui propina a vários políticos para aprovar uma lei que era do interesse dele.
O homem que não quis ser identificado falou durante três horas e meia para o Ministério Público. “Ou é 100 mil, que é o valor total do mês, ou é 100 menos o valor que tinha sido antecipado”, afirma homem.
O empresário, que pediu para não ter o rosto gravado durante o depoimento, é George Olímpio, doRio Grande do Norte. O esquema delatado teria ocorrido entre 2008 e 2011, quando George montou um instituto para prestar serviços de cartório ao Detran do estado.
O instituto tinha a função de cobrar uma taxa de cada contrato de carro financiado no Rio Grande do Norte. Mas segundo o Ministério Público, nessa taxa estava embutido o custo da propina.
Na delação, o empresário conta que o esquema da propina foi negociado na residência oficial da então governadora do estado, Wilma de Faria, do PSB, hoje vice-prefeita de Natal.
“Eu fui chamado para uma reunião com Lauro Maia”, diz o delator.
Lauro Maia é o filho de Wilma.
“Essa reunião foi dentro da casa da governadoria, dentro de um gabinete que era o gabinete que Lauro recebia as pessoas para fazer tratativas”, diz George Olímpio.
Segundo o delator, era Lauro quem determinava o valor da propina de cada contrato de veículo financiado no estado. “Ficou definido que para o governo ia R$ 15 por contrato. A média de contratos por mês girava em torno de 5 mil”, conta.
O que daria, por mês, R$75 mil de propina para o governo. Em março de 2010, a então governadora deixa o cargo para concorrer ao Senado. Quem assume é o vice, Iberê Ferreira, também do PSB, hoje falecido. Segundo a promotoria, ele também recebeu propina.
As investigações, que começaram em 2011, mostram que o esquema só era viável porque o então diretor do Detran, Érico Vallério de Souza, recebia dinheiro.
“A gente marca o encontro no escritório, exatamente para eu repassar esse dinheiro a ele. Todo mês era feito o encontro de contas”, afirma o delator.
Neste mesmo período, o empresário George Olímpio investe em um esquema mais audacioso: a compra de uma lei para tornar obrigatório a inspeção veicular no estado.
“Você imagina um veículo acabou de sair da fábrica, teria que pagar inspeção veicular”, afirma Paulo Batista Lopes Neto, promotor de Justiça.
Para a lei ser aprovada rapidamente, George diz que contou com a ajuda do deputado Ezequiel Ferreira, do PMDB, hoje presidente da Assembleia Legislativa.
“Eu digo: de quanto é que seria essa ajuda? Aí o Ezequiel me diz: George, uns 500 mil. Eu tenho como pagar 300 mil. Eu dou 150 quando for aprovado e os outros 150 você me divide em três vezes”, conta o delator.
Na última sexta-feira (20), o procurador-geral da Justiça denunciou Ezequiel, ou seja, entregou a acusação formal ao juiz por crime de corrupção passiva.
“A lei foi aprovada com a dispensa de toda a burocracia legislativa. Não passou, não tramitou em nenhuma comissão temática da assembleia”, afirma o procurador-geral de Justiça Rinaldo Reis Lima.
O valor foi pago, mas a inspeção nunca chegou a funcionar porque, ainda em 2011, o Ministério Público descobriu todo o esquema. Na época, 34 envolvidos foram denunciados inclusive George Olímpio. Mas foi só em 2014 que ele decidiu contar tudo.
“Ele estava se sentindo abandonado pelos comparsas, pelos demais membros da organização criminosa e ele, temendo ser responsabilizado penalmente sozinho, procurou o Ministério Público em troca de colaborar para ter a obtenção de alguma espécie de benefício”, diz a promotora de Justiça Keiviany Silva de Sena.
Em um dos trechos da delação George Olímpio cita José Agripino, senador do DEM pelo Rio Grande do Norte. Diz que o senador pediu para ele mais de R$ 1 milhão no ano de 2010.
O encontro entre o empresário e o senador teria sido no apartamento de Agripino. “Subimos para parte de cima da cobertura de José Agripino e começamos a conversar e ele disse que, ele José Agripino disse: 'É George, a informação que nós temos é que você deu R$5 milhões para campanha de Iberê'", afirma o delator.
Iberê era o governador na época. “Eu dei R$ 1 milhão para campanha de Iberê. Ele disse: pois é, e tal, como é que você pode participar da nossa campanha? Eu falei R$ 200 mil. Disse: tenho condições de lhe conseguir esse dinheiro já. Estou lhe dando esses R$ 200 mil, na semana que vem lhe dou R$ 100 mil. Ele disse: 'pronto, aí vai faltar R$ 700 mil para dar a mesma coisa que você deu para a campanha de Iberê'. Para mim, aquilo foi um aviso bastante claro de que ou você participa ou você perde a inspeção. Uma forma muito sutil, mas uma forma de chantagem. R$ 1,150 milhão foram dados em troca de manter a inspeção”, diz o delator.
Por telefone, Fantástico falou com José Agripino que estava em Miami, nos Estados Unidos.
Fantástico: O senhor conhece George Olímpio? José Agripino: Conheci George Olímpio, é uma figura conhecida em Natal e é parente de amigos do meu pai de muito tempo atrás, eu o conheci sim. Fantástico: Ele disse que já foi na casa do senhor em Brasília. Ele já foi, senador? José Agripino: Teria ido. Ele foi na minha casa uma vez. Fantástico: E este apartamento no Rio Grande do Norte ele disse que esteve lá também? Ele já esteve nesse apartamento também? José Agripino: Esteve também. Fantástico: Ele disse que o senhor pediu mais de R$ 1 milhão para ele e este pedido foi feito no apartamento do senhor. José Agripino: Eu nunca pedi nenhum dinheiro, nenhum valor a George Olímpio. E conforme ele próprio declarou em cartório, não me deu R$ 1 milhão coisíssima nenhuma.
O senador enviou ao Fantástico o documento de 2012, que George Olímpio teria registrado em cartório. “É uma infâmia, uma falta de verdade. Está completamente falso e faltando com a verdade”, afirma José Agripino.
Como senador, Agripino tem o chamado foro por prerrogativa de função. Por isso, todo o material que se refere a ele foi enviado para a Procuradoria-Geral da República.
O Fantástico procurou todos os outros citados.
Em nota, Wilma Faria diz que considera qualquer citação ao seu nome nesse contexto como ilação caluniosa, injusta, desrespeitosa e antidemocrática.
O filho dela, Lauro Maia, disse que desconhece o conteúdo da delação de George Olímpio e, mesmo assim, repudia qualquer afirmação de que teria participado em esquema criminoso.
O Fantástico não encontrou Érico Vallério, ex-diretor do Detran, no prédio dele. A equipe deixou recado mas ele não ligou de volta.
O deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza diz que não recebeu a notificação oficial da denúncia oferecida pelo Ministério Público e que no momento oportuno provará a inconsistência do processo.
Em nota, a família de Iberê Ferreira disse que o ex-governador, antes de falecer, negou as acusações feitas contra ele.
Mesmo com a delação premiada, George Olímpio é réu no processo. E aguarda o julgamento em liberdade.
“O que nos impressionou é exatamente que toda a investigação levada a efeito pelo Ministério Público e toda análise da prova foi uma análise perfeitamente compatível com que de fato aconteceu, da forma como George, posteriormente, narrou”, afirma promotora Keiviany Silva de Sena

Protesto de caminhoneiros bloqueia estradas pelo país

Eles reclamam do alto preço do combustível e dos baixos valores dos fretes. 

Rodovias de ao menos sete estados são atingidas pela manifestação.

Do G1, em São Paulo
Protesto de caminhoneiros prejudica trânsito na Fernão Dias, em Minas. (Foto: Reprodução/TV Globo)Protesto de caminhoneiros prejudica trânsito na Fernão Dias, em Minas. (Foto: Reprodução/TV Globo)
Um protesto de caminhoneiros bloqueia nesta segunda-feira (23) rodovias de ao menos sete estados em todo o país: GO, MG, MS, MT, PR, RS e SC. Os profissionais reclamam, principalmente, do alto preço do combustível e dos baixos valores dos fretes.
A Fernão Dias, principal ligação entre os estados de Minas Gerais e São Paulo, tinha 17 quilômetros de lentidão na região da Grande Belo Horizonte por volta das 11h30. Também havia pontos de interdição perto das cidades de Oliveira, na Região Centro-Oeste, e em Perdões e Santo Antônio do Amparo, ambas no Sul do estado.
No Paraná, mais de 10 rodovias permaneciam fechadas por volta das 9h em trechos entre as cidades de Cascavel, Curitiba e Guarapuava. Em alguns pontos de rodovias federais, a fila de veículos já passava de cinco quilômetros, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Os manifestantes estavam impedindo os caminhões de passarem, mas liberavam e os demais veículos, como carros de passeio e de emergência.
Por causa dos bloqueios, alguns postos de combustíveis do sudoeste e do oeste do Paraná já enfrentam desabastecimento. Os protestos ocorrem desde o dia 13 no estado.
Em Santa Catarina, os protestos ocorrem desde quarta-feira (18). Nesta segunda, oscaminhoneiros continuavam bloqueando 10 pontos em cinco rodovias. A Polícia Rodoviária Federal informou que vai enfiar reforços para os locais, a fim de evitar abusos. "A nossa preocupação é porque ontem [domingo] houve alguns abusos. Houve bloqueios, ataques a caminhoneiros, acidentes, pessoas que ficaram presas", explicou o chefe da Comunicação da PRF, Luiz Graziano.
Quatro rodovias do Rio Grande  do Sul também foram bloqueadas. As interrupções ocorrem nas BRs 285, 472, 386 e 392. Alguns caminhoneiros colocaram fogo em pneus no acostamento da estrada. O trânsito era lento por volta das 9h30.
Os caminhoneiros de Mato Grosso bloqueavam trechos das duas principais rodovias do estado, as BRs 163 e 364, por volta das 10h. Eles tentam impedir, há quase uma semana, que os veículos de cargas façam o escoamento da produção agrícola. Na manhã desta segunda, havia cinco trechos de interdição e o terminal ferroviário de Rondonópolis já registrava queda no número de descarregamentos, segundo a empresa que administra o local.
O trecho da BR-163, em Dourados, Mato Grosso do Sul, também estava bloqueado na manhã desta segunda. Ainda não há informações sobre congestionamneto da rodovia.
Em Goiás, um protesto de caminhoneiros interditava parcialmente a BR-364, no perímetro urbano de Jataí, no sudoeste do estado. A rodovia é uma das principais rotas de escoamento de grãos e liga Goiás ao Mato Grosso. Não há previsão de quando a via será liberada.
Bloqueio parcial dos caminhoneiros causou lentidão no trânsito na BR-369, em Arapongas (Foto: Alberto D'Angele/RPC)Bloqueio parcial dos caminhoneiros causou lentidão no trânsito na BR-369, em Arapongas, no Paraná (Foto: Alberto D'Angele/RPC)

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Sinal Fechado: presidente da Assembleia é denunciado pelo MP

Ezequiel Ferreira foi denunciado por corrupção passiva pelo MP

Sinal Fechado: presidente da Assembleia é denunciado pelo MP O Ministério Público do Rio Grande do Norte apresentou denúncia contra o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PMDB), por suposta participação no esquema investigado pela operação Sinal Fechado, que tratava sobre possíveis fraudes para obtenção de vantagens a um grupo de políticos e empresários através da inspeção veicular no estado. Segundo o MP, Ezequiel Ferreira recebeu R$ 300 mil para articular a aprovação de projeto de lei para a implantação da inspeção. O MP, contudo, não apresentou provas.

Maioria da comissão da reforma política quer o fim da reeleição

REFORMA POLÍTICA 2

Dos 34 deputados titulares integrantes da recém-instalada comissão especial sobre a reforma política, pelo menos 23 são favoráveis ao fim da reeleição do presidente da República, dos governadores e dos prefeitos.
A maioria (22) também é favorável à coincidência da data das eleições, conforme enquete realizada pela Agência Câmara, que mostra a tendência anterior ao início dos debates da comissão. Responderam ao questionário 28 dos 34 membros titulares.
O fim da reeleição e a coincidência das eleições municipais com as eleições estaduais e federal a partir de 2018 estão previstos na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 352/13, que será a base do início dos debates da comissão especial. “Acredito que o fim da reeleição é um ponto de convergência de quase todos os parlamentares”, opina o deputado Victor Mendes (PV-MA).