sábado, 31 de janeiro de 2015

Fátima Bezerra será a única potiguar a tomar posse no Senado

fatima despedida

Durante a cerimônia de posse nesse domingo (1º), às 15h, Fátima Bezerra (PT) é a representante do RN entre os 27 novos integrantes da Casa.
Cada senador empossado terá direito a doze convites que, após a posse, assistirão a eleição da mesa diretora. o atual presidente, senador Renan Calheiros (PMDB), presidirá a solenidade.

Justiça vai analisar pedido de bloqueio dos bens do prefeito de Ceará-Mirim

Antonio Peixoto

O Ministério Público deflagrou a operação Baco, em novembro do ano passado, para desarticular suposta estrutura criminosa permanente instalada no âmbito da administração pública do município de Ceará-Mirim.

A situação do prefeito municipal, Antônio Peixoto[foto], e dos demais investigados pode se complicar. O desembargador Glauber Rêgo, do TJRN, vai analisar o pedido de bloqueio dos bens de Peixoto e de mais dez pessoas, entre eles secretários, ex-secretários da prefeitura e empresários.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Agência dos Correios em Rio do Fogo foi alvo de assaltantes

A Polícia Militar de Rio do Fogo está à procura de dois homens suspeitos de assalto à agência dos Correios de Rio do Fogo, no inicio da manhã de hoje (30). Ainda não há informações precisas, mas testemunhas disseram os suspeitos chegaram ao local de moto, entraram e rederam o segurança e anunciaram o assalto armados de revólver.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Quase ninguém do DEM vai acompanhar Rosalba


Rosalba-Ciarlini-4São muito poucos os filiados ao DEM do senador José Agripino Maia que podem deixar a legenda para acompanhar o novo partido ao qual vai se filiar a ex-governadora Rosalba Ciarlini que está de malas arrumadas para trocar o Democratas pelo PP.
Este blogueiro ouviu da boca de um assessor de uma prefeita o seguinte:
- “Como é que nós vamos deixar de ficar com José Agripino que tem mandato em Brasília (DF) e que pode destinar recursos para o município para acompanhar Rosalba que está sem mandato?”
É! Vale o pau que tem sombra!
Robson Pires

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

A Galinha de 1000,00 (mil reais)

Circula nas ruas do município de Rio do Fogo, que tem vereador que vai arrematar galinha de mil reais, neste sábado 31 de janeiro de 2015, na festa do Jerimum em Punaú,
quem será ?


Pai 'arremessou' carro com 4 filhos em carreta, diz caminhoneiro à polícia


Família do DF morreu em acidente na BR-070, em Cocalzinho de Goiás.
Homem deixou carta para ex dizendo que ela nunca mais veria as crianças.

Do G1 GO
Caminhoneiro diz que tentou desviar do carro das vítimas na BR-070, em Goiás (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)Caminhoneiro diz que tentou desviar do carro das vítimas (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)











O motorista do caminhão que se envolveu no acidente que deixou um pai e quatro filhos mortosafirmou em depoimento informal à Polícia Civil que o condutor do carro “arremessou” o automóvel contra o veículo de carga.
“O caminhoneiro disse que em momento algum ele [pai] esboçou reação de tirar o pé, de frear. Ele fez foi acelerar o veículo”, conta ao G1 o delegado responsável pela investigação, Adriano Pereira Melo.
O acidente ocorreu no sábado (24), na BR-070, em Cocalzinho de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Marcos Aurélio Almeida Santos, de 42 anos, e os quatro filhos, sendo três meninos e uma menina com idades entre 2 e 5 anos, estavam no Renault Clio que bateu de frente com o caminhão.
Colisão proposital
A Polícia Civil acredita que o pai provocou a colisão. Um dos indícios que levam a esta linha de investigação é uma carta deixada pelo pai para a mãe dos filhos, Samara Alves da Silva, que mora em Brazlândia (DF). No texto, Marcos diz que ela nunca mais verá as crianças.
Para o delegado, o relato do caminhoneiro reforça que a colisão foi proposital. De acordo com o motorista, que saiu ileso e teve a identidade preservada, ele tentou evitar a colisão e alertar o motorista do automóvel, mas foi em vão.
Marcos e Samara com dois dos quatro filhos (Foto: Reprodução)Marcos e Samara com dois dos quatro filhos; pai e crianças morreram em acidente (Foto: Reprodução)
“Ele afirmou que tentou frear e buzinou. Como a via é de mão simples, ele tentou jogar o veículo no acostamento e, segundo ele, o motorista seguiu a direção do caminhão, tanto que a colisão ocorreu próximo ao acostamento”, disse o delegado.
Outro indício que confirma a hipótese da polícia é em relação à ultrapassagem. Além de no local ser permitido fazer a manobra, quando ocorreu a batida, o pai já tinha ultrapassado o carro que seguia na mesma pista.
“Ele já tinha acabado a manobra de ultrapassagem, já podia ter voltado para a pista dele, mas não voltou. Ele quis conduzir no sentido contrário, a intenção era colidir com o caminhão”, acredita Melo.
Ele [caminhoneiro] afirmou que tentou frear e buzinou (...) tentou jogar o veículo no acostamento. O motorista seguiu a direção do caminhão, tanto que a colisão ocorreu próximo ao acostamento"
Adriano Melo, delegado que apura acidente
Investigação
A investigação foi iniciada no 1º Distrito Policial de Águas Lindas de Goiás, já que no município em que o acidente ocorreu, Cocalzinho de Goiás, não havia delegado plantonista. Assim, o caso foi transferido na segunda-feira (26) para a delegacia da cidade vizinha, que tem como titular Adriano Pereira Melo.
Segundo o delegado, as circunstâncias do acidente serão esclarecidas com o laudo pericial, que só deve ser finalizado em um prazo de 30 dias.
Para esta semana, estão previstos os depoimentos de testemunhas e familiares das vítimas. “Espero concluir as oitivas nesta semana para eu entender o histórico de convivência da família. Vamos buscar todas as ocorrências envolvendo Marcos e Samara”, disse Melo.
Trecho final da carta que o motorista entregou a ex-mulher minutos antes do acidente (Foto: Reprodução)Trecho final da carta que o Marcos entregou à ex-mulher minutos antes do acidente (Foto: Reprodução)
Ameaças
Pelo que foi apurado até o momento pela polícia, Marcos Aurélio se separou há pouco tempo de Samara. Ela abriu dois processos contra o ex-marido no ano passado por violência doméstica.
Segundo o Tribunal de Justiça do DF, em setembro e em dezembro do ano passado, ela pediu à Justiça medida protetiva de urgência pela Lei Maria da Penha contra o ex-marido.
Em dezembro, também foi aberto inquérito policial por injúria, tendo Samara como ofendida e Marcos como agressor. O inquérito foi juntado à ação que já tinha sido aberta em setembro. Os processos não chegaram a ser julgados.
Motorista e quatro crianças que estavam no carro morreram em colisão contra caminhão na BR-070, em Goiás (Foto: Divulgação/ PRF)Motorista e os quatro filhos morreram em acidente na BR-070 (Foto: Divulgação/ PRF)

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Acidente envolve Secretário de Assistencial Social de Touros

O novo Secretário de Assistência Social de Touros/RN, Laércio Cardoso se envolveu em acidente nesta sábado (24), por volta das 23:30hs, no retorno de Natal para Touros. Segundo publicou o Secretário em sua rede social, uma caminhonete teria invadido a contra mão, e o obrigou a puxar o veiculo que o conduzia para o acostamento, capotando o Fiat Uno, conduzido por Laércio. O Secretário e os o culpantes passam bem, ainda se recuperando do susto.

RN tenta superar obstáculos para explorar potencial da energia eólica

Produção do RN responde por 30% da geração de energia eólica no país.

Infraestrutura para expansão tem avanços, porém, enfrenta problemas.

Do G1 RN
Em São Miguel do Gostoso, a praia divide o cenário com os aerogeradores (Foto: Felipe Gibson/G1)Em São Miguel do Gostoso, a praia divide o cenário com os aerogeradores (Foto: Felipe Gibson/G1)
Posicionado na chamada "esquina do continente", o Rio Grande do Norte é responsável pela maior produção de energia eólica do Brasil, pouco mais de 30% do total, mas ainda patina nas tentativas de aproveitar todo o seu potencial e colocar a eletricidade gerada a partir dos ventos como alternativa real no país -- uma oportunidade reforçada após o apagão da última semana.
Investidores do setor alegam que o atraso na construção de linhas de transmissão e uma estrutura melhor no porto de Natal para escoar equipamentos que compõem os parques eólicos são empecilhos para o desenvolvimento.

O RN possui 67 parques eólicos, que produzem comercialmente 1,79 gigawatts de energia, segundo levantamento do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energias Renováveis (Cerne). Dos mais de 130 gigawatts produzidos no país, a imensa maioria vem de hidrelétricas e termelétricas. Os parques eólicos no Brasil inteiro ainda respondem por uma parcela de 3,5%, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
Na Dinamarca - país tido como referência no setor - esse índice chega a 43%. A meta do país, de acordo com a Agência de Energia Dinamarquesa, é chegar a 2050 produzindo somente energia e calor limpos, eliminando as emissões de dióxido de carbono. Lá, o problema das linhas de transmissão foi resolvido com a construção de cabos subterrâneos.
O Brasil planeja aumentar a produção de energia por fontes renováveis. Segundo o Plano Decenal de Expansão de Energia 2023, do Ministério de Minas e Energia, as energias eólica e solar devem registrar crescimento de 8% nos próximos anos.
Vantagens ambientais
Hugo Alexandre, diretor executivo da Bioconsultants, empresa que presta consultoria ambiental para empresas de energia eólica, diz que termelétricas e hidrelétricas de fato geram mais eletricidade. Mas o diferencial da energia gerada a partir dos ventos está atrelado aos impactos ambientais.
"Toda e qualquer atividade vai gerar impacto, principalmente se for na geração de energia. O importante é sempre tentar casar a geração de energia com a nova política mundial colocada, que é a política da sustentabilidade", afirma Hugo Alexandre. Com base nessa ideia, ele compara a geração de energia eólica com as demais fontes da matriz energética.
Alexandre detalha que os parque eólicos ocupam uma média de 30% a 40% das terras em que são instalados, não geram resíduos e causam pouco desmatamento se comparado às demais fontes da matriz energética. "A eólica convive com outras atividades como pecuária, agricultura e preservação do meio ambiente. É comum você ter em cima as torres gerando em cima e as plantações embaixo. A comunidade e o proprietário da terra podem utilizar a área tranquilamente", conta.
Bacia dos ventos
A vocação natural do RN se explica pela localização na "esquina do continente". O diretor-presidente do Cerne, Jean-Paul Prates, explica que o estado fica no caminho de uma bacia de ventos e é provavelmente um dos melhores lugares do mundo para a energia eólica. "É uma formação regular de ventos que vêm do Atlântico Sul, batem na costa africana e acabam na ponta do Brasil, onde o RN está", observa.
Especializada em energias renováveis, a empresa francesa Voltalia foi uma das que aterrissou no Rio Grande do Norte para explorar os ventos. Com 15 projetos contratados por meio de leilões organizados pelo governo federal, o diretor geral da empresa, Robert Klein, afirma que os investimentos não devem parar por aí.
"Já investimos cerca de R$ 400 milhões e no conjunto de todos os projetos devemos chegar a um valor entre R$ 1,8 bilhão e R$ 2 bilhões. Queremos ampliar os parques e estamos estudando participar de novos leilões", afirma.
Voltalia iniciou operação do parque eólico de Areia Branca no fim do ano passado (Foto: Divulgação/Voltalia)Voltalia iniciou operação do parque eólico de Areia Branca no fim do ano passado (Foto: Divulgação/Voltalia)
A Voltalia iniciou em novembro deste ano a operação comercial de um dos três projetos do complexo eólico de Areia Branca, no litoral Norte potiguar. A empresa já começou a construção de oito parques nos municípios de Serra do Mel e São Miguel do Gostoso, também no litoral Norte. Outras quatro usinas estão contratadas para serem implantadas em Serra do Mel.
  •  
Visual nas margens das estradas traz aerogeradores no RN (Foto: Felipe Gibson/G1)Visual nas margens das estradas é repleto de 
aerogeradores (Foto: Felipe Gibson/G1)
Expansão
As empresas que atuam no Rio Grande do Norte planejam se expandir no estado. Levando em conta a operação de todos os projetos, está prevista para os próximos anos a geração de mais de 4 gigawatts, segundo previsão da Aneel.

Atualmente, o destaque fica por conta da região do Mato Grande, onde estão os municípios deJoão Câmara e Parazinho, cidades com a maior parte dos projetos funcionando comercialmente, além dos parques em construção e contratados.
Fora as regiões localizadas no litoral ou próximas dele, o estado também possui projetos em construção em regiões serranas, onde a força e constância dos ventos são influenciadas não pela proximidade do mar, mas sim pela altitude. A região chamada de Serra de Santana, onde estão as cidades de Lagoa NovaBodóSantana do MatosFlorânia e Tenente Laurentino Cruz, também aparece no mapa eólico do estado.
O processo
Toda a energia produzida, independente da fonte, vai para as redes do Sistema Interligado Nacional. O diretor de Energia Eólica do Cerne, Milton Pinto, costuma fazer uma analogia para explicar a distribuição da energia no país (veja o vídeo).
"É semelhante a uma grande piscina em que as fontes jogam água. Cada uma joga um tipo de água. A água da piscina será um mistura de cores que representa energia elétrica consumida no final", diz.
O processo de geração de energia eólica começa quando o vento atinge o aerogerador. De acordo com o professor Alexandro Vladno, coordenador do curso de energias renováveis do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), o fluxo de ar faz as pás girarem, gerando um movimento mecânico(veja o vídeo).
Rocha acrescenta que um gerador transforma a energia mecânica em elétrica. A eletricidade então segue para o transformador e é adequada para entrar na rede elétrica. Na subestação, o nível de tensão é adaptado para chegar ao consumidor.

Atrasos em linhas de transmissão
Dono da maior potência eólica instalada em todo o país, o Rio Grande do Norte tem como principais concorrentes para atrair projetos os estados da BahiaCeará e Rio Grande do Sul. A presidente da Associação Brasileira Energia Eólica, Elbia Melo, explica que os leilões têm se tornado cada vez mais competitivos e que a questão da infraestrutura tem pesado.
Atrasos nas linhas de transmissão deixaram projetos parados no RN (Foto: Felipe Gibson/G1)Atrasos nas linhas de transmissão deixaram
projetos parados (Foto: Felipe Gibson/G1)
No caso do RN, a perda de espaço em alguns leilões tem uma causa específica apontada por especialistas: o atraso na entrega das linhas de transmissão – responsáveis por levar a energia gerada nas usinas para as redes distribuidoras da eletricidade.
Embora acredite que a demora na entrega das linhas tenha sido um fator de desequilíbrio em leilões pontuais, a presidente da Abeeólica não acha que os dados sejam tão relevantes.
"Os leilões estão extremamente competitivos. Vencem os que possuem melhores condicões de infraesturura, onde entram as linhas de transmissão. Esse atraso colocou o Rio Grande do Sul um pouco a frente dos estados do Nordeste em alguns leilões porque lá as linhas de transmissão já estavam construídas", analisa Elbia Melo.

Logística
A infraestrutura do Rio Grande do Norte para receber os projetos também é um dos alvos de questionamentos nas discussões sobre energia eólica. O material usado na construção dos parques chega em navios e é transportado em carretas, que acompanhadas pela escolta de batedores, chegam até os empreendimento para serem montados. Por serem equipamentos pesados, as torres e pás usadas nos aerogeradores precisam de espaço para serem escoados. É aí onde, segundo investidores, reside um dos problemas.
Por estar localizado em um bairro de ruas estreitas como a Ribeira, na Zona Leste da capital, o porto de Natal exige uma logística mais complexa para o transporte dos equipamentos.
"É um porto confinado por terra", afirma o diretor geral do Cerne, Jean-Paul Prates. A falta de espaço também impede o desenvolvimento da cadeia produtiva no entorno, como acontece nos portos de Pecém, no Ceará, e Suape, em Pernambuco, constantemente escolhidos como pontos de transporte de carga dos parques eólicos instalados no RN.
Para a presidente da Abeeólica, Elbia Melo, a questão portuária é o que falta para um salto ainda maior do Rio Grande do Norte no setor. "Não é um porto adequado para este tipo de operação. São máquinas grandes, pesadas e que requerem um cuidado especial. A logística é um ponto muito importante. Tanto que os portos maiores atraem muitos fabricantes de equipamento. O porto de Natal não tem condições físicas para receber o tipo de carga que um empreendimento eólico movimenta", opina.

Este ano não tem tanto jerimum quanto os anos passados

domingo, 25 de janeiro de 2015

Tomba para presidente estadual do PSB?

PSB RN
Nos bastidores, uma articulação interna do PSB poderia levar o deputado estadual Tomba Farias ao posto de presidente estadual do PSB. É que as deputadas Sandra Rosado e Larissa Rosado, que encerram seus mandatos essa semana, não querem ficar na sigla sob o comando da ex-governadora Wilma de Faria.

Quem conhece Wilma, sabe que ela não abre mão de continuar no comando do PSB, sigla que ajudou a fundar e lidera nos últimos 20 anos. Wilma pensa em sair deputada federal em 2018, mas antes pode disputar mandato até de vereadora em Natal. Foto: Divulgação.

Sertão Paulistano

“Estoque de água na Grande São Paulo cai 74% em um ano” é a manchete do Estado de S.Paulo. Ao lado, outra reportagem na primeira página avisa que “para evitar racionamento de energia, represas terão que dobrar”. O volume dos reservatórios das hidrelétricas no Sudeste e Centro-Oeste terão que sair de 17,28% atualmente para 35% até abril para que o país consiga evitar o racionamento.

A Folha traz na manchete a informação de que “Seca atinge metade das regiões metropolitanas”. Rio, SP, BH, Recife, Campinas são algumas das regiões atingidas. Cinco das dez maiores regiões estão sofrendo os efeitos da seca. Informa que, em São Paulo, “todos os reservatórios chegarão a zero em cinco meses caso seja mantido o atual ritmo de chuvas e consumo”.

A presidente Dilma, que tem mantido silêncio em época de tantas crises, disse a assessores que o ajuste durará dois anos. Na terça-feira, na primeira reunião ministerial, ela vai defender o ajuste fiscal. Em Davos, o ministro Joaquim Levy disse que o “Brasil decidiu mudar”, informa O Globo em chamada na primeira. Na manchete, o Globo diz que “falta de água já afeta 46 milhões de brasileiros” e informa que a “produção industrial e de energia devem ser prejudicadas”. Há quase mil municípios em estado de emergência por causa da crise hídrica.

O Estadão traz também na primeira página uma entrevista com Armínio Fraga em que ele diz que “Levy é uma ilha cercada de mediocridade”, e criticou a crise de valores: “É mensalão, é petróleo, como se tudo fosse muito natural, não é”. O Tribunal de Contas da União está tentando reverter a decisão tomada de punir executivos e ex-executivos da Petrobras no caso Pasadena. O novo relator do caso é o governista Vital do Rêgo. 

Matheus Leitão

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Deputado José Adécio se recupera bem do AVC

Desde a semana passada que o deputado estadual José Adécio está se recuperando de um Acidente Vascular Cerebral que sofreu na semana passada.

Familiares estão confiantes de que ele não herdará nenhuma seqüela.

As viúvas da presidente Dilma Rousseff

Só falam em preguiçosos do seguro desemprego e esquecem a classe que foi cruelmente e covardemente atingida por essas medidas:

- As mulheres casadas e, por muitas vezes, já idosas, que não têm mais saúde para sair procurando emprego se ficarem viúvas.
A presidente Dilma Rousseff cortou violentamente pela metade a pensão a que as mulheres, de qualquer idade, que ficarem viúvas a partir de março, teriam direito.
Sacanagem!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Cinco pessoas são mortas a tiros em menos de 10 horas na Grande Natal

Vítimas foram mortas entre a noite da terça e madrugada desta quarta (21). Crimes aconteceram em Natal, São Gonçalo do Amarante e Parnamirim.

Do  G1  RN

em São Em um dos crimes, em Gonçalo do Amarante, vítima foi assassinada na frente da residência onde morava (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)Em um dos crimes, em São Gonçalo do Amarante, vítima foi assassinada na frente da residência onde morava (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Cinco pessoas foram assassinadas entre a noite da terça-feira (20) e a madrugada desta quarta-feira (21) na Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, as vítimas foram mortas em um intervalo de menos de 10 horas. Ninguém foi preso.
O primeiro dos cinco homicídios foi registrado na BR-406, próximo ao viaduto que dá acesso ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. José Eliseu Carvalho de Araújo, de 34 anos, trabalhava como vigilante em uma empresa terceirizada que prestava serviços para o INSS de Ceará-Mirim. Ele estava em uma moto quando foi baleado. Segundo o sargento José Basílio, a vítima sofreu vários tiros, inclusive na cabeça, o que caracteriza crime de execução.
Ainda em São Gonçalo do Amarante, no bairro Golandim, um homem foi assassinado na frente da residência onde morava. O crime aconteceu na rua Nossa Senhora de Aparecida. Identificado por Clésio Jerônimo da Costa, de 50 anos, a vítima era ex-taxista, e atualmente trabalhava como operário da construção civil. A Polícia Civil apurou que Clésio pode ter sido morto por ordem de traficantes da região. Há informações de que alguém, morador da vizinhança, teria denunciado o funcionamento de um ponto de venda de drogas na região.
Já em Natal, no bairro Tirol, um dos mais nobres da cidade, um homem foi encontrado morto na rua José Barreira Silva Verde. A Polícia Civil achou um rodo usado por limpadores de carro e vestígios de drogas próximo ao corpo. Segundo os peritos do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), o homem foi morto por espancamento. O corpo da vítima ainda não foi identificado.
Também na capital, no bairro de Lagoa Seca, a vítima foi um rapaz. Ao lado do corpo do jovem, que também não foi identificado até o momento, os policiais encontraram uma arma de fabricação caseira.  De acordo com o sargento Marcos Dionísio, o jovem é suspeito de ter participado de um assalto na região. “Ele estaria na companhia de outro rapaz, que conseguiu fugir. Alguém reagiu e atirou”, relatou.
Por fim, já na madrugada desta quarta-feira, a Polícia Militar registrou um assassinato emParnamirim, também cidade da região Metropolitana da capital. O crime aconteceu no bairro de Nova Esperança. Francisco de Assis Paigino de Lima, de 21 anos, foi morto na frente da casa em que morava, na rua São Paulo. Segundo o sargento Reinaldo, do 5º Batalhão da PM, ainda não se sabe os motivos que levaram ao homicídio do rapaz.

A Prefeitura Municipal de Rio do Fogo, por meio da Secretaria de Obras comerçou a recuperação de todas as estradas do conjunto Zumbi

A Prefeitura Municipal de Rio do Fogo, por meio da Secretaria de Obras está concluindo nos últimos dias a recuperação de todas as estradas do conjunto Zumbi. o Prefeito Laerte Paiva lembra que com muito esforço foi possível recuperar pontos críticos que nunca foram recuperados.





Tradicional Festa do Jerimum em Punaú


Tradicional Festa do Jerimum dia 31 de janeiro de 2015, em Punaú, com Barracas e Leilão.
 Atrações fica por conta do Forró Swingado, Circuito Musical, Gato Negro e DJ André 

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Prefeito Laerte Paiva e a primeira Dama Shirlene, prestigiam comemoração do aniversário de Caiçara do Rio do Vento


Prefeitos participam da missa em Caiçara do Rio do Vento

Show pirotécnico durou quase vinte minutos

Prefeitos prestigiam festa da cidade a convite de Ceiça Lisboa
Um show pirotécnico com duração de quase 20 minutos e um bolo gigante de 5.2 metros também fizeram parte das comemorações dos 52 anos de emancipação política do município de Caiçara do Rio do vento, na noite desta segunda-feira(19).  Com os populares cantando o tradicional ‘parabéns pra você’, fogos de artifícios iluminaram o céu de Caiçara sob os olhares atentos dos seus moradores. No mesmo instante, um bolo gigante era servido os populares que se encontravam ao lado da igreja.
Prefeitas dos municípios de Jardim de Angicos(Suely Fonseca), São Miguel do Gostoso (Fafá Dantas) e Maxaranguape(Neidinha), além dos prefeitos:  Benes Leocádio(Lajes) e Laerte Paiva(Rio do Fogo) prestigiaram a festa promovida pela prefeita anfitriã, Ceiça Lisboa.

Dilma eleva impostos para arrecadar R$ 20,6 bilhões

20150120032057_cv_IMPOSTOimagesCA18032R_gde

Em sua estratégia de recuperar a confiança da política econômica, o governo Dilma anunciou ontem quatro medidas de elevação de tributos, que vão gerar neste ano R$ 20,6 bilhões para reequilibrar as contas públicas. A novidade foi o aumento de imposto sobre operações de crédito da pessoa física, que havia sido reduzido em 2012 para estimular o consumo e aquecer a economia.
Em reunião pela manhã no Planalto, Dilma atendeu ao pedido de seu ministro Joaquim Levy (Fazenda), que desejava chegar ao encontro do Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça), nesta semana, já com as medidas tributárias adotadas.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Execução de brasileiro e mais 5 na Indonésia será domingo, diz agência

Marco Archer pode ser 1º brasileiro a cumprir pena de morte no exterior.
Do G1, em São Paulo
Marco Archer Cardoso Moreira em vídeo obtido pelo cineasta Marcos Prado, que prepara documentário sobre o controlador de voo (Foto: Reprodução/TV Globo)O instrutor de voo Marco Archer Cardoso Moreira 
(Foto: Reprodução/TV Globo)
O Gabinete da Procuradoria-Geral da Indonésia confirmou que o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira e outros cinco condenados por tráfico de drogas serão executados neste domingo (no horário local), de acordo com informações da agência de notícias Reuters e de jornais locais.

Além do brasileiro, há entre os condenados um indonésio, um holandês, dois nigerianos e um vietnamita. Apesar de a Indonésia não ter realizado nenhuma execução durante o ano de 2014, está previsto para este ano o fuzilamento de 20 prisioneiros.
Com isso (as execuções), mandamos uma mensagem clara para os membros dos cartéis do narcotráfico. Não há clemência para os traficantes"
Muhammad Prasetyo, procurador-geral da Indonésia
De acordo com jornais locais, as autoridades do país afirmam que já foram preparados “o esquadrão de tiro, um clérigo e médicos”, e que as execuções ocorrerão simultaneamente. A Procuradoria explica ainda que os condenados são avisados da execução com três dias de antecedência para que possam se preparar mentalmente e para que façam seus últimos pedidos.
As leis da Indonésia contra crimes relacionados a drogas estão entre as mais rígidas do mundo, e contam com o apoio da população. "Com isso (as execuções), mandamos uma mensagem clara para os membros dos cartéis do narcotráfico. Não há clemência para os traficantes", relatou à imprensa local Muhammad Prasetyo, procurador-geral da Indonésia.

Se as sentenças forem cumpridas, serão as primeiras execuções do mandato do atual presidente, Joko Widodo, que chegou ao Executivo em outubro do ano passado.
Widodo, que representa para os ativistas uma esperança de uma mudança no país, reiterou que não perdoará as penas de morte dos condenados por tráfico de drogas.
"O novo governo indonésio jurou o cargo com a promessa de melhorar o respeito pelos direitos humanos, mas levar tais execuções adiante seria um retrocesso. As autoridades deveriam estipular, de maneira imediata, uma moratória no uso da pena de morte, visando sua eventual abolição", disse Rupert Abbott, diretor de pesquisa da Anistia Internacional (AI) para o Sudeste Asiático e o Pacífico, em comunicado.
As execuções devem ser interrompidas imediatamente. A pena de morte é uma violação dos direitos humanos"
Rupert Abbott, da Anistia Internacional
A Anistia Internacional pediu nesta sexta-feira (16) que o governo da Indonésia não realize as execuções. "As execuções devem ser interrompidas imediatamente. A pena de morte é uma violação dos direitos humanos", disse Rupert Abbott.
O Itamaraty informou apenas que continua mobilizado e acompanha o caso, avaliando “todas as possibilidades de ação ainda abertas”. O governo brasileiro afirmou que não dará detalhes sobre as decisões tomadas.

Quer ser exemplo, diz amigo
O cineasta Marcos Prado, produtor de filmes como "Tropa de elite" e sócio do diretor José Padilha, conversou com Archer por telefone há dois dias, quando ele já sabia que seu último pedido de clemência havia sido negado.
"Ele não quer ser lembrado só por ser o primeiro brasileiro a ser executado no exterior. Tinha o desejo de dar exemplo para jovens brasileiros que quisessem cometer a mesma irresponsabilidade dele, de levar drogas para fora do país”, disse ao G1.
Numa gravação, ele manda um recado às autoridades brasileiras e diz que é muito difícil explicar o que está passando no momento.
O cineasta Marcos Prado (Foto: Reprodução/Facebook/Marcos Prado)O cineasta Marcos Prado
(Foto: Reprodução/Facebook/Marcos Prado)
Marcos diz que o amigo estava assustado porque, apesar de estar preso no país desde 2004, achava que não seria executado. “Ele sempre teve esperança, acreditava que alguma coisa positiva iria acontecer. Ele nem conseguiu dormir direito. Sabe que cometeu erro grave, mas acredita que merece uma segunda chance. Ele não esperava”, contou.
O caso
Marco Archer é instrutor de voo livre e foi preso ao tentar entrar na Indonésia, em 2004, com 13 quilos de cocaína escondidos nos tubos de uma asa delta. A droga foi descoberta pelo raio-x, no Aeroporto Internacional de Jacarta. O brasileiro conseguiu fugir do aeroporto, mas foi preso duas semanas depois.

Além de Marco Archer, outro brasileiro aguarda no corredor da morte da Indonésia, o paranaense Rodrigo Muxfeldt Gularte, também por tráfico de cocaína.